Parabéns prá você – a maldição do “ratimbum”

Festa de aniversário

Circula pela internet um email alertando o “povo de Deus” sobre os supostos “poderes maléficos” da expressão “rá-tim-bum”, presente no famoso bordão cantado em festas de aniversário Brasil afora, logo depois da onipresente “Parabéns prá você”.

Eis aqui o conteúdo do email:

Assunto: Significado de RATIMBUM quando se canta o PARABÉNS!

RATIMBUM é uma palavra mágica usada pelos magos persas desde a Idade Média. Por muito tempo cantamos inocentemente um “Parabéns” para alguém que está aniversariando e, até ai, tudo bem, tudo certo. Afinal, é um aniversário.

O que muitos não percebem é que depois da música vem sempre o tal de Ra-tim-bum (= EU AMALDIÇOO VOCÊ !)

Existe até hoje na TV Cultura um programa infantil, chamado de Castelo Ratimbum, que obviamente tem o significado de “Castelo da Maldição”.

Precisamos vigiar mais, pois até a Bíblia diz que o povo de Deus perece por falta de conhecimento.
Como podemos cantar felicitando uma pessoa e depois amaldiçoá-la?

Tomemos muito cuidado!!!

Observe que detalhe sutil: depois de dizer a palavra Ratimbum, pronuncia-se o nome do aniversariante várias vezes.

Quantas vezes você já cantou para as pessoas:

” É BIG, É BIG (é grande, é grande), É HORA, É HORA (neste momento; nesta ocasião):
RA-TIM-BUM (EU AMALDIÇOO VOCÊ), Fulano, Fulano, Fulano”. Será que era isso mesmo que você queria dizer?

Repasse este e-mail para outros, para que conheçam e não mais repitam palavras sem saber o significado, a origem e o que está por detrás delas.

A mensagem é um típico caso de hoax, lenda urbana. Traz uma explicação estapafúrdia e absurda para algo cuja explicação real a maioria das pessoas desconhece, e o faz de maneira simplória, utilizando uma linguagem primária e não convincente, eivada de erros de português (entre os quais, escrever “ratinbum” com um “n” antes do “b”, um erro crasso que qualquer criança do primário apontaria), e, pior criando um clima de conspiração contra algo supostamente maligno.

Um outro erro do email é dizer que o bordão começa com “É BIG, É BIG (é grande, é grande)”, quando o correto é “É PIQUE, É PIQUE”. Curiosamente, este é um erro cometido por muita gente que, nos aniversários, realmente canta “é big, é big” achando que o refrão teria algo a ver com a língua inglesa.

Mas o que significa então o “rá-tim-bum”, tão famoso a ponto de ter se tornado até nome de programa infantil de televisão? Uma explicação podemos encontrar na Revista Pesquisa Fapesp, número 106, de dezembro de 2004. Lá descobrimos que o famoso bordão teria sido criado na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, a mais antiga das unidades que originaram a USP (Universidade de São Paulo), e suas raízes remontariam à década de 30. Na verdade, teria havido uma colagem de bordões daqueles típicos do ambiente estudantil, pródigo em criar frases de efeito e gritos de guerra que se eternizam na memória de quem quer que os tenha vivido.

O “é pique, é pique” teria sido uma saudação ao estudante Ubirajara Martins, o “Pic-pic”, pois estava o tempo todo aparando a barba e o bigode com uma tesourinha. “É hora, é hora” era utilizado como grito de guerra nos bares, onde os estudantes tinha que esperar meia hora pela próxima rodada de cerveja, tempo que levava para esta ser esfriada em barras de gelo. E finalmente, o famoso “rá-tim-bum” seria uma referência a um rajá indiano chamado “Timbum”, que visitou a faculdade, e cuja sonoridade do nome marcou os estudantes, que cantavam nas mesas do restaurante Ponto Chic:

“Pic-pic, pic-pic; meia hora, é hora, é hora, é hora; rá, já, tim, bum!

Da faculdade, o bordão teria migrado para as festas de aniversário às quais os estudantes eram convidados, e onde cantavam os seus refrões e bordões. Até chegar aos nossos dias na sua versão atual: “É pique, é pique, é hora, é hora, é hora, rá, tim, bum!”.

Esta explicação teria sido endossada pelo próprio diretor da Faculdade, Eduardo Marchi, em um discurso feito em 2002.

Pode até não ser verdade, mas certamente é mais crível que o hoax sobre a “maldição do ratimbum”.

Leia no Semsaco.com outros casos de hoaxes e lendas urbanas.

22 comments to Parabéns prá você – a maldição do “ratimbum”

  • ELIANE

    GENTE VAMOS SE CONSCIENTIZAR…………………..SOU CRENTE SIM E NÃO TENHO VERGONHA DE DIZER………………VAMOS VIAJAR…………….SATANÁS ESTÁ EM TODO CANTO E DEVEMOS FECHAR AS BRECHAS…………….SE OUTRORA NÃO SABÍAMOS E AGORA JA SABEMOS……………É MELHOR DEIXAR PRA LAR……………..CHEGA DE ERROS…………..

  • jas

    kkkkk estou só observando. O que tem de gente corrigindo o outro e comentendo outros erros. Acredito que tudo tem um significado sim, pesquisei e descobri o real significado do “Ra-Tim-Bum” que é uma onomatopéia. Para quem não sabe, uma onomatopéia é quando representamos com palavras sons de objetos, batidas e afins. Quem via o seriado do Batman Gorducho lembra de quando ele dava porrada nos bandidos e a tela aparecia “BUM”, “SOC”, “POW”. Os leitores de gibi estão mais acostumados com onomatopéias. No caso de “Ra-Tim-Bum” representa o som de um tambor, uma percurssão, pois indica o fim da cantoria e o inicio da gritaria do nome do homenageado. Fantástico, não? Na verdade não, mas é só para tornar um assunto desinteressante em algum supostamente interessante. Agora interessante mesmo é saber porque motivo alguém inventaria uma coisa dessas. Provavelmente é alguém que nunca teve uma festa de aniversário, e a dor disso fez com que a lenda nascesse e ainda hoje povoa a mente de algumas pessoas.
    Fonte(s):
    http://blog.lula.pro.br/2007/11/ra-tim-b…

  • samara

    eu fiz aniversario dia 542013 e cantamos parabéns minha mãe não falou essa palavra ratimbum mas o resto das pessoas falaram ratimbum minha mãe havia falado sobre essa palavra mas eu não liguei depois que eu vi eu acredito agora

  • Anderson heber

    Eu so sei que o inimigo de nossas almas procura cada vez, mais maneiras de nos detruir e sim tem introduzido algo em nosso cotidiano, em todos os sentidos, mais o Senhor Jesus Cristo tem os seus servos para nos alertar
    deve sim pesquisar, analisar, mas tem mais fundamentos o conteudo do email do que qualquer outra explicação dos comentarios daqueles que não conhecem as potestades do ar…

  • Sou pastor e fico grato pela explicação. Nunca encontrei fundamento etimológico para a anterior, mas também não tinha conhecimento da origem da expressão. Em 1 Coríntios 10.25 Paulo recomenda que se coma o que vende no mercado sem perguntar nada, por motivo de consciência. Assim, mesmo que a expressão quisesse dizer alguma coisa no sentido apresentado por aquele e-mail, quem usou ou usa a expressão com o entendimento de que é apenas um brado festivo não deveria se sentir culpado.

  • Alexandre

    Bom dia, vc pode até estar certo, não há nada que prove isso, mas, se vc estiver errado? Se vc colocar um 38 na cabeça com apenas uma bala vc teria coragem de puxar o gatilho? Pois é, seria melhor não arriscar porque o proximo disparo pode estar com a bala na agulha. Da mesma forma funciona isso, se existe a possibilidade de ser uma frase de amaldiçoamento, é melhor não arriscar pronuncia-la, pois o que amaldiçoa não é o que entra, e sim o que sai de nossas bocas.
    Reflitam e fiquem com DEUS.

  • Bispoton

    Certo ou errado? Qual o interesse em gritar algo sem um significado lógico e representativo em uma celebração de aniversário? O certo é que o Espírito de Deus dará dicernimento aos que o pedirem.
    Blz,… vç diz que tem muita pena de crente? A Bíblia diz que até o diabo é crente.
    Temos que ser seguidores de Cristo (CRISTÃOS), pois é o único meio de se alcançar a salvação eterna.

  • Dorarib

    “Rá-tim-bum!” é um apoio rítmico usado em complementação a uma sequência fônica (“É Big…”/É “pique…”) após o “Parabéns prá você” com a intenção de estender (aumentar) a celebração que se faz do/a aniversariante. É a favor desse último e a intenção é o que vale. Que se revoguem todas as bobagens ditas contra isso, caramba!

  • Blz

    Fala sério! Tenho muita pena de crente, pois como o próprio nome diz, só faz crer. Infelizmente, acredito que devido ao baixo grau de instrução, já que a maoria dos erros de português nos comentários foi feita pelos que se disseram crentes e acreditaram na lorota, essas pessoas caem em qualquer conversinha que coloquem o nome do seu “deus” no meio. Uma pena que se anulem justamente naquilo que é o mais incrível no ser humano, a capacidade de pensar e refletir.

  • jurema iara

    eu como crente cnfio em deus e acredito nas professias das escrituras sagradas nao duvidos deste comentearios na?mas vamos ficar alertos

  • Gilson Araujo

    O certo é que Satanás se utiliza de hábitos para inserir no contexto da humanidade com a finalidade de destruir o ser humano. Quem tem ouvidos, ouça!

  • Gilson Araujo

    O certo é que Satanás se utiliza de hábitos para inserir no contexto da humanidade com a finalidade de destruir o ser humano. Quem tem ouvidos, ouça!

  • Mauro Som Automotivo

    por causa de não se buscar a verdade, voce pode cometer um ato discriminatório.faça sua própria busca,não aceite a primeira informação como verdadeira.

  • Mauro Som Automotivo

    acho isso uma idiotice porque n~ fico me bitolando pelo que dizem,faço minhas pesquisas,o conhecimento tem que ser buscado e não empurrado guela abaixo.o que move o mundo n~ são as respostas são as perguntas,por tanto questionem a tudo e a todos incluindo as pessoas que colocam medos exagerados na cabeça de voces,e fazem voces esquecerem do poder que erdamos de Deus, isso é muito mais poderoso que qualquer medinho.

  • Lili

    Quem tem fé em Deus, nada de ruim acontece!!!

  • Lili

    Quem tem fé em Deus, nada de ruim acontece!!!

  • Anna

    Jhennifer, certo se escreve com “c”. E é Alertendo e não Elertando. Sempre cantei parabéns (com o ratimbum) nos aniversários que fui, sempre tive a música nos meus aniversários (com o ratimbum tb) e me considero uma pessoa abençoada, com uma vida próspera e feliz. Não deixem que façam uma lavagem cerebral em vcs!!! Procurem conhecimento, estudem, duvidem, reflitam!!! AMÉM???!

  • joanita

    as pessoas precisam de conhecimentos,de DEUS em suas vidas para que não se amaldiçoe todos os anos as pessoas que mas amamos inocentemente,agora pois essas palavras não mas pertencem ao meu vocabulário,nunca mas.amém

  • eu acho isso muito serto por que esta elertando muita pessoas..

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>